Valorização da Educação

A valorização do ser, da auto estima, é sem dúvida a melhor estratégia para se alcançar o objetivo na educação de valores. É respeitando cada ser, as diferenças, valorizando-o, que se eleva, progride, que se transforma em mais belo ainda o que já era.

O olhar do educador deve ser focado na essência do indivíduo. Sendo assim, tudo que foge dela são carapaças que escondem a verdade, “proteções”que guardam o “diamante”, pois no fundo todo ser humano é bom e perfeito, trazendo conosco a semente divina.

Em uma educação de valores deve-se mostrar a lógica positiva do comportamento correto. Deve-se estar junto dos alunos, incentivando os pequenos esforços, encorajando e dando esperança, lembrando que ele é aquilo de positivo que você espera dele, ajudando assim na sua auto imagem.

Deve-se falar com respeito para que eles façam o mesmo, deve-se cumprir com o que se promete, deve-se estimular a prática de qualidades, deve-se verificar se ao educar há amor junto com disciplina, pois o excesso de lei sem amor gera revolta e o amor sem lei gera permissividade.

O amor deve ser firme e dar segurança à criança, sempre estimulando-a a se superar. Apesar disso, nunca deve-se preocupar em superar os outros. Também deve-se fazer da sala de aula um laboratório para o crescimento de todos, amando e sendo feliz.

Nosso trabalho

A criança enxerga o mundo, não por meio de conceitos, mas pelas emoções e sentimentos provocados pelas formas. O educador deve usar as atividades artísticas para cultivar o belo e o bem na vida prática. Trabalhos manuais criativos, noções de artes plásticas, observação da natureza e exemplos contidos em contos e lendas servirão para a formação da ética e da estética do bem, despertando a criança para os valores humanos fundamentais.

Conhecer seu próprio valor e respeitar o valor dos outros é a verdadeira maneira de merecer respeito. Respeito é um reconhecimento do valor inerente e direitos inatos do indivíduo e do coletivo.

Concretização

O amor é o oxigênio que possibilita à vida consciente desenvolver-se de forma saudável. Bons planos, muitas vezes não chegam à concretização por falta da energia vivificadora do amor. Amor é a força de criação e sustentação da vida. A mais poderosa das energias, é unidade e potência de transformação.

Percepção

A percepção meramente intelectual do valor de uma proposta não basta para que os envolvidos em determinado projeto estejam também com seu “coração” na ideia. O amor é a principal fórmula facilitadora do processo educativo e sem uma visão positiva é impossível fluir este sentimento.